Anuário revela consumo de energia elétrica no País em 2020

O consumo total de energia elétrica no Brasil foi de 475 TWh em 2020, cerca de 1,4% menor do que no ano anterior, segundo dados do Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2021.

De acordo com o estudo, a distribuição regional, embora ainda concentrada no Sudeste, vem se modificando dentre as regiões, e os movimentos podem ser percebidos ao longo de 2020.

O levantamento realizado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) destaca que o consumo de eletricidade por região manteve sua estrutura de distribuição ao longo dos últimos nove anos. A maior participação foi da região Sudeste (SE), com média de participação de 50,5%; sendo seguida pelas regiões Sul (17,9%), Nordeste (17,1%), Centro-Oeste (7,5%) e Norte (7%).

Em relação à distribuição do consumo de energia elétrica em 2020, de acordo com o Anuário, os registros são os seguintes: Industrial (35%), Residencial (31,2%), Rural Comercial (17,3%), Rural (6,5%), Poder Público (2,7%).

O consumo cativo de eletricidade mantém-se, historicamente, superior ao consumo livre. Em números, no ano passado, o consumo cativo ficou em 307.196 GWh. Já o consumo livre ficou em 168.451 GWh.

Consumo per capita X região

A região Sul é a líder em consumo per capita de energia elétrica no Brasil com 2.901 kWh por habitante, no entanto, a sua população é a 3ª maior dentre as cinco regiões do país. Nível semelhante é encontrado na região Sudeste, com 2.609 kWh por habitante, porém com aproximadamente o triplo da população da região Sul. De fato, a alta concentração da indústria eletrointensiva no Centro-Sul do país favorece o maior consumo per capita nessas regiões.

No consumo industrial por segmento, destacam-se os setores metalúrgico (24,4% de participação e produtos alimentícios (13,6%). No consumo comercial, por segmento, os destaques são: comércio varejista (29,9%) e comércio por atacado- exceto automóveis e motos (9,1%). (Informações do Anuário Estatístico de Energia Elétrica 2021- EPE)