CONCEG reúne conselheiros e tem capacitação sobre fluxo de projetos e obras no Grupo A

conceg reunião 1

Foi realizada na tarde de terça-feira, 18/02, no Edifício Eletra, no Jardim Goiás, em Goiânia, a 186ª reunião ordinária do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Estado de Goiás (CONCEG). Na condução dos trabalhos, o presidente Wilson de Oliveira iniciou a pauta do encontro com a participação do responsável pela área de novas conexões do Grupo A, André Abrão, que realizou uma capacitação aos conselheiros sobre a célula de captação da Enel Distribuição Goiás.

André Abrão fez uma exposição detalhada sobre o fluxograma atual para ligações novas do Grupo A, informando todas as etapas do processo e as suas particularidades, detalhando os caminhos a serem percorridos desde a Avaliação de Viabilidade Técnica- AVT até a liberação de carga para casos como implantação de subestações e fornecimento de energia para loteamentos, dentre outros casos. Conforme ressaltou, esse novo fluxo traz mais clareza e reforça um dos pilares importantes da companhia, que é a questão da segurança.

Durante a exposição, os conselheiros fizeram vários questionamentos para o esclarecimento de dúvidas sobre o tema em exposição, reforçando a importância de a Enel compartilhar as informações para que as mesmas sejam repassadas às classes representadas pelo CONCEG.

Ainda na reunião, foi informado sobre a menção de elogio feita pela assessoria da presidência da Assembleia Legislativa, ao secretário executivo do CONCEG, Douglas Gomes Queiroz, pela presteza no atendimento de demandas.

 

Audiência pública

Na sequência da reunião, houve um debate entre os conselheiros sobre a audiência pública realizada no dia 15 de fevereiro, na Fundação Tiradentes, em Goiânia, para debater o contrato e os serviços prestados pela Enel no Estado. A convocação partiu do gabinete do deputado federal Vitor Hugo e teve a presença do governador Ronaldo Caiado; do presidente da Enel Goiás, José Luis Salas; e vários deputados (estaduais e federais), prefeitos, vereadores e lideranças de entidades de classe de vários segmentos.

O presidente Wilson de Oliveira esteve presente na audiência pública, juntamente com o conselheiro da classe rural, Félix Afonso Fleury Curado. Ambos reportaram o caráter democrático do debate na audiência pública.

Para o conselheiro e presidente Wilson de Oliveira, o evento deu oportunidade para que a Enel pudesse expor, de forma objetiva, o seu trabalho já realizado e a realizar, com os novos investimentos. Já o conselheiro Félix Curado pontuou que a Enel está desacreditada perante a população e reforçou o apelo para que a companhia transforme o discurso em ação, garantindo energia para a população, empresas e para o setor rural que, na sua avaliação, tem sido muito penalizado. Ele, inclusive, citou problemas de faltas recorrentes de energia na região de Corumbá de Goiás, Cocalzinho e Pirenópolis.

O conselheiro Rogério de Campos Borges também expôs dificuldades enfrentadas pelo setor comercial, inclusive, no atendimento de demandas importantes do Sesc em Goiás e acrescentou que o debate é salutar para a busca de soluções.

Ainda sobre o assunto, se manifestaram os conselheiros Paulo Roberto da Silva (classe Poder Público); Keitty de Abreu Valadares Barbosa e Wellington Elber Barbosa (titular e suplente da classe Consumidor); Rosirene Pereira de Sousa Fleury Curado (suplente da classe rural); o assessor da diretoria de Relações Institucionais da Enel, Marco Henrique A. Pavan e o secretário executivo do CONCEG, Daniel Lopes de Oliveira.

Deliberação

Durante a reunião, foi deliberado sobre a elaboração e o envio de um ofício ao presidente da Enel Distribuição Goiás, José Luis Salas, requerendo que seja dada uma atenção especial na questão da qualificação e melhor remuneração dos eletricistas que vão atuar nas frentes de serviços, aumentando, assim, a eficiência no serviço de reestabelecimento de energia. Foi apontado que, além da terceirização, possa ser utilizado outros mecanismos para absorver os profissionais.

O indicador de Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (DEC), auferido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), foi apontado na audiência pública como um dos principais pontos a serem trabalhados e melhorados no âmbito do plano emergencial firmado com a concessionária. Daí, de acordo com o CONCEG, a necessidade de se reforçar e dar condições aos profissionais que atuam na linha de frente dos serviços.

 

Saiba mais sobre o Conceg:

Site: http://concelg.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/Concelg/

Instagram: https://www.instagram.com/conceg18/?hl=pt-br

conceg reunião 4

conceg reunião 3

conceg reunião 2

Conceg reunião 5

conceg reunião 6

conceg reunião 7

conceg reunião 8