Enel faz lançamento de logomarca da distribuidora em Goiás

O presidente do Conselho de Consumidores da Celg (Concelg), Wilson de Oliveira, participou, na noite de quinta-feira, 08/03, da solenidade oficial de lançamento da logomarca da Celg, que foi adquirida pelo grupo italiano Enel e, agora, passa a se chamar Enel Distribuição Goiás. O governador Marconi Perillo e várias autoridades políticas e classistas goianas prestigiaram o evento, no espaço Infinity Hall, em Goiânia, com a presença do presidente da Enel Brasil, Carlos Zorzoli; do presidente da Enel Distribuição Goiás, Abel Rochinha; Lívio Gallo, responsável pela Divisão Global de Infraestrutura e Redes da Enel; dentre outros representantes da companhia.
Os diretores da Enel também fizeram um balanço dos investimentos realizados em 2017, que somam R$ 830 milhões, e apresentaram as perspectivas de investimentos de 2018 a 2020. Nesse período, a empresa deverá investir R$ 2 bilhões no Estado. Atualmente, executa 24 obras de ampliação das linhas de distribuição e criação de novas subestações, dentre outras.
De acordo com Wilson de Oliveira, foi um evento importante, que marca uma fase de transição e um novo paradigma para o setor energético em Goiás. Segundo ele, a expectativa é que muito em breve, a população terá um atendimento de melhor qualidade.
Em entrevista à imprensa, o governador afirmou que o balanço do primeiro ano de investimentos é altamente positivo. “A Celg não teria condições de investir nem R$ 200 milhões em 2017, e a Enel investiu mais de R$ 800 milhões. Vamos ter uma melhoria muito significativa de suficiência energética, com atendimento das demandas de setores fundamentais para a economia, como a indústria, agronegócio, serviços, comércio e residências. Estou convencido de que a Enel vai transformar Goiás em um caso de sucesso na distribuição de energia para a holding, não só para o Brasil, mas para o mundo”, declarou.

Sobre a Enel no Brasil
A Enel atua no Brasil por meio de suas subsidiárias Enel Brasil e Enel Green Power Brasil (“EGPB”), ambas com sede em Niterói, no Estado do Rio de Janeiro. A Enel Brasil possui operações nos Estados do Rio de Janeiro, Ceará, Goiás e Rio Grande do Sul, nos segmentos de distribuição, geração, transmissão e soluções de energia.
Através da Enel Brasil e da Enel Green Power Brasil (EGPB), o grupo Enel tem uma capacidade instalada total de 1,6 GW, com mais de 1,3 GW proveniente de energias renováveis – 400 MW de energia eólica, 12 MW de energia solar fotovoltaica e 890 MW de energia hídrica – fazendo da empresa o maior player de energia solar e um dos principais em energia eólica do país. A Enel também possui mais 442 MW de projetos eólicos e 807 MW de projetos solares atualmente em execução. Por meio da Enel Green Power Cachoeira Dourada, a empresa opera uma usina hidrelétrica de 658 MW no estado de Goiás.
A Enel distribui energia a 10 milhões de clientes no Brasil por meio da Enel Distribuição Rio (RJ), Enel Distribuição Ceará (CE) e Celg (GO). A Enel Brasil opera ainda a usina térmica de 319 MW Enel Geração Fortaleza (CE) e controla a empresa de transmissão Enel Cien (RS) e a empresa de soluções em energia Enel Soluções. (Com informações do site Goiás Agora e da Gerência de Comunicação da Enel)