Presidente destaca avaliação de concessionária goiana pela ANEEL

O presidente do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Estado de Goiás (CONCEG), Wilson de Oliveira, analisou de forma positiva o resultado da avaliação do cumprimento das cláusulas de eficiência na prestação do serviço de distribuição e na gestão dos contratos de concessão de distribuição em 2018. Segundo a agência reguladora, foram analisadas as empresas que tiveram os contratos de concessão de distribuição prorrogados nos termos da Lei nº 12.783/2013 e do Decreto nº 8.461/2015.

A Enel Distribuição Goiás obteve reconhecimento nos dois quesitos avaliados: cumprimento dos limites de Indicadores de Duração e Frequência de Interrupções Interno (DECi e FECi) e gestão econômica e financeira.

Para Wilson de Oliveira é importante o acompanhamento das avaliações feitas pela ANEEL, que cumpre de forma correta o seu papel regulador, sobretudo, no que diz respeito a garantir a qualidade e eficiência no setor energético. E, juntamente com os conselhos de consumidores, trabalhar para garantir que a energia elétrica tenha um custo tarifário menor.

Investimentos

Para Wilson de Oliveira, apesar dos problemas que a Enel enfrentou e enfrenta, paulatinamente, os resultados vão aparecendo através dos investimentos realizados na ampliação e implantação de novas subestações, modernização de redes e sistemas, dentre outros.

O presidente do CONCEG avalia que as cobranças são necessárias, assim como é necessário também reconhecer avanços e somar esforços para que a companhia possa realizar um trabalho ainda mais arrojado e à medida do que o Estado de Goiás necessita para atender a população e os setores produtivos.

“Vimos com bons olhos essa avaliação da ANEEL e acreditamos e torcemos para que a Enel Goiás possa melhorar cada vez mais os seus indicadores. Esse é o nosso anseio, como representantes das classes consumidoras de Goiás”, pontuou Wilson de Oliveira.Claudius Brito- Assessoria de Imprensa do CONCEG