Subestações Universitária e DAIA, da década de 70, são ampliadas

Matéria publicada no
Jornal/Portal CONTEXTO
https://bit.ly/3uYj6tV

A Enel Distribuição Goiás projeta investimentos na regional de Anápolis, este ano, na ordem de R$ 76 milhões. A informação é do presidente do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Estado de Goiás (CONCEG), Wilson de Oliveira, após reunião da entidade com o presidente da companhia, José Luis Salas, ocorrida via remota na última quarta-feira, 03/03.

Conforme as informações repassadas pelos técnicos da concessionária na reunião virtual, as subestações Universitária – na região do Bairro Recanto do Sol, e do DAIA, no Distrito Agro Industrial de Anápolis- operam desde o início da década de 70 com praticamente a mesma configuração.

A subestação Universitária, inclusive, serve também a região do sistema de abastecimento de água da bacia do Piancó, que é responsável por 80% do abastecimento de água potável no Município. No ano passado, a cidade sofreu desabastecimentos por intercorrências ocorridas na rede elétrica.

Modelo compacto

A SE Universitária, de acordo com Wilson de Oliveira terá a sua capacidade dobrada, a partir da construção de uma nova subestação ao lado da atual. Conforme os técnicos da Enel, uma revitalização na forma como está sendo feita exigiria uma área de 20 mil metros quadrados.

A nova subestação é um modelo compacto, com tecnologia de ponta e vai ocupar uma área de cerca de 6 mil metros quadrados e terá o dobro de potência. O que garantirá o atendimento de demandas dos clientes em geral, bem como da Saneago.

A subestação DAIA também terá ampliação de potência, o que permitirá uma melhoria na qualidade do fornecimento de energia para as indústrias existentes e a possibilidade de atendimento de carga para novas plantas fabris.

A revitalização da SE Universitária deve ser entregue este ano e a SE DAIA, no ano que vem.

Investimentos

Conforme os dados repassados na reunião, a Enel realizou investimentos em Goiás, em 2020, na ordem de R$ 1,181 bilhão. Para este ano, o valor previsto é de R$ 1,603 bilhões.

No caso dos investimentos em ampliações e revitalizações na regional de Anápolis, o valor previsto para este ano é de R$ 76 milhões. E, em 2020, a previsão é de R$ 56 milhões.

Em 2020, foram entregues 06 novas subestações e realizadas 43 ampliações e modernizações em subestações.

De acordo com o presidente do CONCEG, a concessionária tem esforçado em realizar investimentos para suprir a falta dos mesmos durante um longo período. Entretanto, as demandas ainda são muitas e a entidade, portanto, continuará acompanhando e cobrando para que os investimentos sejam ampliados e acelerados.

Participaram da videoconferência os conselheiros Wilson de Oliveira, Felix Curado Fleury, Rogério Borges Campos, Paulo Roberto, Keitty Abreu, Leonardo Machado e Wellington Barbosa.

De parte da Enel Goiás, o presidente José Luis Salas Rincon; José Januário (Operação e Manutenção); Nelson Assumpção Neto (Mercado Macro Área Goiás); Alessandra Kozlowski (Operações Comerciais de Rede); Roberto Vieira (Desenvolvimento de Rede); Aderson Xavier, André Luiz Santana e Sarah Fagundes Teodoro (Ouvidoria).

Reunião remota do CONCEG com o presidente e técnicos da Enel Distribuição Goiás