Tarifa Branca: Já ouviu falar? Sabe o que é?

A Tarifa Branca é uma recente opção tarifária para as unidades consumidoras atendidas em baixa tensão (127, 220, 380 ou 440 Volts), chamado de grupo B.

Podem aderir à Tarifa Branca os consumidores das classes:

Residencial: denominada subgrupo B1;

– Rural: denominada subgrupo B2; e

– Industrial, Comércio, Serviços e outras atividades, Serviço Público, Poder Público;

– Consumo Próprio: denominada subgrupo B3.

Essa tarifa NÃO está disponível para os consumidores da subclasse Residencial Baixa Renda que recebem benefício tarifário. A Tarifa Branca também não se aplica para a Iluminação Pública (subgrupo B4).

Diferente da modalidade Convencional, que tem um único valor de tarifa, a Tarifa Branca possui valores diferentes ao longo do dia.

Nos dias úteis, temos 3 valores de tarifa, aplicados de acordo com os períodos (postos):

– Ponta: tarifa mais elevada;

– Intermediário: tarifa de valor intermediário;

– Fora Ponta: tarifa de valor menor. 

Nos fins de semana e feriados nacionais, o valor é sempre da tarifa Fora de Ponta.

A Tarifa Fora de Ponta tem valor inferior ao valor da Tarifa Convencional. Isso faz com que a Tarifa Branca seja indicada para quem consegue concentrar seu consumo no período fora de ponta dos dias úteis e nos fins de semanas.

Veja no quadro os valores vigentes da Tarifa Branca para a classe residencial e os postos tarifários:

FIQUE ATENTO!!!!!

>> É importante que o consumidor, antes de optar pela Tarifa Branca, conheça seu perfil de consumo e a relação entre a Tarifa Branca e a Convencional. Quanto mais o consumidor deslocar seu consumo para o período fora de ponta e quanto maior for a diferença entre essas duas tarifas, maiores serão os benefícios da Tarifa Branca.

>> Contudo, a Tarifa Branca NÃO é recomendada se o consumo for maior nos períodos de ponta e intermediário e não houver possibilidade de transferência do uso dessa energia elétrica para o período fora de ponta. Nesses casos, a Tarifa Branca pode resultar em uma conta maior: nessa situação, é mais vantajoso continuar na Tarifa Convencional.

Assista o vídeo sobre: “O que é Tarifa Branca?”:

Fonte: Agência Nacional de Energia Elétrica- ANEEL