Wilson de Oliveira participa de anúncio de investimentos de R$ 1,5 bi na CAOA em Anápolis

Representando a Fieg Regional, o empresário Wilson de Oliveira, que é também presidente do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica do Estado de Goiás (CONCEG), participou na tarde de terça-feira, 23/11, da solenidade de anúncio do investimento de R$ 1,5 bilhão que a CAOA estará fazendo na planta de Anápolis, nos próximos cinco anos.

O evento contou com a presença do governador Ronaldo Caiado e vários secretários estaduais; de deputados estaduais e federais; do prefeito Roberto Naves e outras autoridades e lideranças, dentre elas, o presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Anápolis (Simmea), Robson Peixoto Braga. O anfitrião do encontro foi o presidente da CAOA, Mauro Correia.

O aumento da produção no Estado, com os investimentos anunciados, foi viabilizado pela reinserção do Centro-Oeste na política de incentivos fiscais para o setor automobilístico, com a sanção da Medida Provisória 987/2020, pelo presidente Jair Bolsonaro, no dia 28 de outubro último.

Durante a coletiva de imprensa, o presidente da CAOA, Mauro Correia destacou que a previsão é que os investimentos possibilitem a geração de cerca de 2 mil empregos diretos e de 20 a 25 mil indiretos, além do aumento do número de veículos e a expansão das lojas de revenda das marcas produzidas na unidade- Hyundai e Chery- bem como em pesquisa e desenvolvimento de pessoal.

O governador Ronaldo Caiado ressaltou a luta para conseguir fazer com que houvesse a reinserção de Goiás na política de incentivos, envolvendo esforços junto ao Congresso Nacional e o Governo Federal.

No seu discurso, Caiado citou que Goiás “é a bola da vez” no cenário econômico do País, pela sua condição logística. Ele adiantou que  a Ferrovia Norte-Sul está prestes a entrar em operação e, ainda este ano, com a possibilidade de vinda do presidente da República a Anápolis, deve ser assinada a ordem de serviço de implantação do Centro de Excelência Ferroviária, que só tem similar nos Estados Unidos. Citou, ainda, um estudo que começou a ser feito com o governo do Espírito Santo, a fim de viabilizar a ampliação da Ferrovia Centro-Atlântica.

Infraestrutura

Para Wilson de Oliveira, Goiás caminha a passos largos para ter uma base sólida de retomada da economia após o período da pandemia. E, lembrou que para isso, é necessário ter a infraestrutura necessária, como a energia elétrica. Por isso, disse ele, o CONCEG tem trabalhado ao lado da Fieg, da Faeg, da Fecomércio e das representações do poder público e dos consumidores residenciais para que, cada vez mais, o Estado receba investimentos e melhorias no setor energético por parte da Enel que, segundo ele, é um importante parceiro do desenvolvimento de Goiás.

Autor: Assessoria do CONCEG
Claudius Brito/Mídia Um Comunicação